easy web builder
Mobirise

Devo deixar o meu cão dormir na minha cama?

Esta é uma decisão sua, tendo presente todas as implicações que a sua opção terá no futuro.

Quando recebemos um cachorro em casa, a nossa tendência é levá-lo para a nossa cama por se tratar de um bebé.
Por norma, esta não é uma boa opção. Deverá perceber que, uma vez assumida, dificilmente será revertida, pelo que deverá ter presente os aspetos negativos da sua decisão:
  • A nossa experiência diz que o cães que têm comportamentos de ansiedade por separação são cães que, por norma, dormem na cama dos donos.
  • O seu cachorro vai crescer e poderá passar a ocupar muito espaço.
  • Pode não ser agradável dormir com pelos nos lençóis.
  • Mesmo com as pipetas, coleiras e pastilhas, pode aparecer uma pulga ou uma carraça na cama.
  • Quando necessitar de mais privacidade, o seu cão não vai aceitar facilmente ficar do lado de fora do quarto.
  • Se o cão estiver com algum problema gástrico ou de pele não é aconselhável que durma na sua cama. Mais uma vez, ele não vai aceitar esta situação facilmente.
  • O seu cão vai envelhecer e poderá precisar de ajuda para subir e descer da cama. Se for de porte grande, terá um problema em mãos.
Estas são algumas razões que o/a deverá levar a ponderar se é mesmo isto que pretende. Se for o caso, veja os aspetos positivos de partilhar a cama com o seu cão:
  • O cão ajuda-o/a a relaxar e nada melhor do que a sua presença no momento de dormir.
  • Pelos mesmos motivos, ajuda a reduzir sintomas de depressão, que normalmente aumentam à noite.
  • Fá-lo/a sentir seguro/a.
  • Nunca se irá deitar sozinho/a.
  • No inverno, estará sempre com os pés quentes!